New Wave 2010 | Entrevista Vesti.Ru

 ( Kopylov Dmitry)

Ontem, após uma Conferência de Imprensa formal, Lara deu uma entrevista exclusiva para o site "Vesti.Ru". Confira a tradução de alguns dos pontos principais da entrevista:


- Você canta em diversos idiomas - francês, italiano, Português . qual a linguagem mais "melodiosa" e a que você vê que geralmente não é adequado para cantar?
- Eu não acho que há uma linguagem que não se pode cantar. Eu acho que tudo depende do que uma pessoa investe em uma língua que canta. E o que é o mais melódico? Claro , Inglês tem um ritmo maravilhoso. Mas para mim a língua mais melódica ainda é italiano. É melhor combinado com a música . Isso é italiano, mais amor por seu ritmo impressionante.

- Um russo ?
- Para mim, a língua russa - é algo especial, completamente diferente dos outros. Eu não percebia a sua essência e não compreedia, mas quando eu ouvi por exemplo Valery ou Philip cantar, eu entendi que ele é realmente bonito. Para mim, a música e a linguagem são inseparáveis. Talvez devido ao fato de que a música vem do coração . Você pode ouvir o intérprete que canta em italiano , mas se ele canta insinceramente, a música não soa. Então eu acho que não é o idioma para cantar, mas como cantar.

- Se qualquer linguagem é adequada para cantar, qual linguagem é mais difícil ? Talvez chinês?...

Definitivamente chinês . Eu tentei cantar ela, e eu não consegui. Eu aprendi uma canção com um tradutor , palavra por palavra , e todo o sentido da música se foi. Eu não poderia cantá-la , eu falei . Assim, em chinês , na verdade , era extremamente difícil de cantar. Mas no fim , consegui .

- E por que você não vai mais cantar em russo ?

- Venha para o meu show no Kremlin, e você vai me ouvir cantar em russo. No entanto, este ainda é um segredo.

- Recentemente , muitas vezes você , na Rússia. Sente-se aqui como se estivesse em casa ou ainda fora?

- Você sabe que é engraçado, mas eu realmente estou começando a me sentir em casa aqui e entender alguma coisa. Eu sinto uma certa conexão entre a paixão , o que os italianos, e o drama que é inerente à alma russa. E eu sinto uma ligação com esta alma ... Mas aqui, na Rússia , eu sinto esse calor e paixão, até mesmo para algum jogo de extensão. E eu gosto disso. Eu sempre gostei de drama.

- Você deu concertos em Moscou, São Petersburgo e Yekaterinburgo. Compare estas cidades ? (...)
- Eu não diria isso . Este é o mesmo em relação Jurmala com Saint- Tropez. Acho que cada cidade é absolutamente única. Especialmente Moscou! Tanto quanto ela é ambiciosa e grandiosa , que é uma arquitetura especial aqui. Eu não posso compará-lo com qualquer outra cidade. E energia em todos os lugares completamente diferentes. Quando você vai nas ruas de Moscou, São Petersburgo e Kiev , depois sente a energia completamente diferente. Então eu não posso comparar essas cidades com as outras. Elas são verdadeiramente únicas.

- Apesar do fato de você nunca ter cantado em russo , hoje em conferência de imprensa, os jornalistas fazem perguntas em russo , você entende sem um intérprete? (...)

- Eu passei dois meses na Ucrânia , gravando o filme. Dia e noite ao meu redor falavam em russo... então eu posso aprender , apesar de eu não falar fluentemente . Ainda acho a língua russa uma das mais complexas do mundo. Mas eu estou começando a entender alguma coisa, algum tipo de expressão individual.

- Os espectadores disseram-me que tinha vindo a New Wave apenas para ver você e Anna Netrebko. Vocês se comunicaram?

- Sim, nós conversamos. É diva verdade. Digo isso não por falsa modéstia. Suas competências e habilidades vocais são completamente diferentes do estilo dos artistas pop. Nós não fazemos canto clássico , mas a voz dela realmente me dá uma impressão inimaginável.


- Você participou no Festival Eurovisão da Canção em 1988, mas não venceu. E então você se tornou uma estrela mundial. Você acha que depois de tudo a coisa principal para um artista é : a premiação oficial ou o reconhecimento do público?

- Cada etapa é muito importante. Deve estar plenamente consciente do que você está fazendo. Quando você está na fase inicial de sua carreira , como foi comigo quando eu tinha 17 anos de idade fui para o Eurovision , é muito importante. Eu sabia o que estava dando o primeiro passo neste negócio. Cada etapa é necessária, como parte de sua longa estrada, e você sempre precisa estar ciente de que você está fazendo . É muito importante !

- Houve em sua vida o momento da verdade qundo você percebeu que  isto era com você?

- Sim, claro , esses momentos foram primeiramente , foi o Festival Eurovisão da Canção ". E ainda quando eu assinei o meu contrato e comecei a viajar pelo mundo. Para este dia, eu tinha dez anos , e quando eu andei ao redor do mundo , vi diferentes países e povos - foi incrível. Mas, honestamente, eu não acho que foi um momento tão fundamental na minha carreira. Parece- me que ele ainda virá pela frente. Eu acredito nele. E eu espero que Deus me ouvirá .

Fonte: Vesti.Ru

 (atenção: eu fiz o que pude para traduzir, por isso não traduzi a matéria completa e sim alguns pontos que eu consegui entender e interpretar, pois a matéria está toda em russo)

Compartilhar Google Plus

Autor Jamerson

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial